10 setembro 2017

Estou de volta ao Trabalho e a vida!

Como beneficiária de um fundo de pensão de uma Estatal lembro aos colegas aposentados e pensionista da Previ, que talvez não seja de seu conhecimento, todos os assistidos sempre contribuíram para o seu fundo de pensão e não nos era dada a chance de não faze-lo, simplesmente era debitado de vossa folha de pagamento ou do já falecido.

Com a ascensão do PT no poder vimos o nosso fundo de pensão ser surrupiado, investimentos discutíveis, usados pelos companheiros presos hoje, e não adiantava DENUNCIARMOS os malfeitos, tínhamos a PREVIC que deveria estar atenta as falcatruas, mas nada, nada aconteceu de fato para frear a gestão temerária que rolou solto no nosso fundo de pensão, e acredito que esta bem próxima da onça beber água fresca e muitos dos que da noite para o dia subiram, ter de dar explicações, porque o cerco tem se fechado a cada dia, para essas pessoas inescrupulosas que se candidata e se perpetua com esse amonto ado de coisas no poder eternamente. 

Estou falando de Má gestão, que pode me render já na próxima semana mais uma NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL, já que esse é o artificio que os mandatários gosta de usar contra gente do bem que diz a verdade, e que eles fazem questão de esconder, sorrateiramente escondidos sobre o manto do "SIGILO", o presidente da CPI dos Fundos de Pensão, deputado Efraim Filho (DEM/PB), disse que a investigação da comissão mostraria que a metade do rombo dos maiores fundos do País, patrocinados por empresas estatais, são fruto de gestões fraudulentas ou temerárias.

Existe uma questão conjuntural, decorrente da crise econômica, mas ficou comprovado que muitos investimentos foram realizados para nos dar um golpe, como na questão da SETE BRASIL, empresa de exploração de sondas para a Petrobras.

Tráfico de influência, direcionamento dos negócios para interesses político partidários, e quebra de direitos, como foi no caso do fim do BET (Benefício Especial Temporário) e a Aposentadoria para os Marajás os beneficiários são cerca de 200 executivos do Banco do Brasil, que conseguiram por vários benefícios ao seu salário e se aposentaram pela Previ, repassando as obrigações ao nosso fundo de pensão, com o nome charmoso de ESTATUTÁRIOS,antecipadamente, sempre veio para nos ferrar como aposentados e pensionistas e sempre nós vivemos o sofrimento calados, sem nunca fazer nada para resolver os nossos problemas, a banda podre que administrou o país desde a chegada do PT ao poder fez ramificações em todas as esferas de atuação do poder, chegando até mesmo a corta o benefício cesta alimentação depois de mais 15 anos de pacificação, e quem foi que saiu em favor dos aposentados e pensionistas?

Ninguém, sempre joga-se a culpa nas mazelas do país, e os coronéis continua a mandar e demandar, e até mesmo aqueles paladinos da verdade que ganharam pela CHAPA 3 PREVI LIVRE FORTE E DE TODOS, sumiram dos seus compromissos, de fazer alguma coisa de verdade por seus eleitores, sempre buscando apenas o melhor resultado na sua vida financeira, semelhante nossas associações que gosta de arrecadar, mas sempre estão focadas em ações judiciais que não passa a frente no judiciário, e entra ano e sai ano e a mesma ladainha continua, como ração para os pobres famintos atrás de dinheiro para sobreviver.

Daqui a pouco vai começar novamente a mesma situação de pedir votos, de dizer novas promessas, sempre as mesmas que nunca tem força para mudar nada do que aí se encontra, e sempre os mesmos paladinos da verdade, vão por seus nomes a disposição dos aposentados e pensionistas que também se acostumaram a reclamar sem nada fazer para ver de fato a sua vida renovada, com novas condições de vida que possa ser vivida sem a MULETA do tal do Empréstimo Simples.

E na próxima matéria vou falar sobre esta novela interminável CHAMADA DE:

 EMPRÉSTIMO SIMPLES.



17 comentários:

ASSOC e ações judicias disse...

Cara Rosalina,
Aproveito a postagem e contando com sua colaboração procuro respostas a ações patrocinadas por associações que juntamente com os escritórios contratados não fornecem os esclarecimento necessários.
Trata-se da ação de revisão de benefício, de forma que seu cálculo seja efetuado computando-se os salários referentes a todo o período contributivo e não apenas aqueles vertidos após julho de 1994, sendo que tal regra está atualmente prevista no art. 29, I ou II da Lei 8.213/91;"Ação da vida inteira", divulgada recentemente com sentença favorável.

Continuo interessado na ação em referência mas tendo ainda dúvidas que apresentei ao escritório responsável, reiterado em junho de 2016, mas sem retorno, recorro a possíveis colegas inteirados no assunto em busca de auxílio com as questões apresentadas.

1- Aposentei-me no BB em novembro de 1997, com 27 anos na empresa e 30 de INSS, portanto proporcionalmente, não tendo na ocasião o fator previdenciário;
2- Em 2002, concursado, ingressei como servidor público no Ministério Público do Estado de S Paulo, onde trabalhei por 5 anos e poucos meses, saindo por demissão a pedido. Nesse período, contribui para o IPESP com base em valores próximos ao teto do INSS.

Em pesquisa efetuada, li recomendação de especialistas no assunto, que poderia ingressar com ação de troca de aposentadoria e, no mesmo processo, solicitar que o novo benefício seja calculado com as contribuições de todo o período.
Assim, gostaria de ter informações acerca da possibilidade de inclusão na referida ação, contando com a revisão de todo período contributivo, boa parte sobre 20 SM, por ter exercido um novo emprego até 2007 e aproveito o ensejo para que esclareça também, se em razão de receber da previ valor complementar ao pago pelo INSS, se os atrasados seriam do aposentado e, o acréscimo mensal no valor do benefício se converteria em ganho para a previ que faria uma complementação menor."
Ressaltando que é de suma importância o esclarecimento de que possível revisão do benefício junto ao inss não se converta em complemento menor por parte da previ
Agradeço possíveis comentários.
Luiz

joao trindade disse...

Boa noite, senhora Rosalina

Muito oportuna e corajosa a matéria ora publicada.
Como o prof. Ari, sua voz é uma das poucas que clamam nêsse deserto de gente posicionada para nos prejudicar, em cargos que detêm apenas para engordar suas contas bancárias e pouco ou nada fazendo em prol dos aposentados e pensionistas. São especialistas em dissimulação e desconversas para continuar nos guiando rumo ao abismo.

Anônimo disse...

Brava Sra. Dona Rosalina,

Como sempre a Senhora está coberta de razão. Tomara que o Juiz Vallisney redirecione as notificações para o endereço correto. Para quem fez o erro e não para quem não concorda com o mesmo


Zé Furtado

Adaí Rosembak disse...

Querida Rosalina de Souza,

Sempre presto muita atenção ao que você escreve e você sabe disso.
Como você diz, muitas feridas estão se rompendo, o pus está saindo e, espera-se que, dentro do menor prazo possível, o tecido social esteja novamente sadio.
Ontem mesmo acabei de ver o filme "Polícia Federal", que embora seja um arremedo estilo "thriller" americano, da atuação da Polícia Federal, nos mostra o esforço que nossas instituições, como a PF e tantas outras, estão tendo para sanar o país. Não é fácil.
E não posso mensurar quanto tempo esse processo de purgação vá demorar, ou melhor, se vai acabar um dia.
Muita coisa foi e vai continuar a ser descoberta.
Mas até os resultados benéficos disso tudo chegar à base da sociedade ainda vai correr muita água embaixo da ponte.
Não creio que você venha a ser alvo de Notificação Judicial. Você não citou nomes.
Você levantou dúvidas e fez perguntas mas sem apontar o dedo para ninguém.
Tenha isso sempre em mente quando escrever seus artigos.
A calúnia pode arruinar a vida de uma pessoa e, dependendo da sensibilidade ou fragilidade emocional da mesma, a levar ao suicídio.
As palavras são armas. Portanto, tenha cuidado.
Mas continue com suas muito bem esclarecedoras notas.
Uma sugestão: alie-se a um advogado para prestar consultoria nas várias áreas que você conhece a fundo.
Vou ficar por aqui senão vira testamento.

Abração deste grande amigo

Adaí Rosembak

Ademir Martins disse...

realmente, concordo plenamente com relação aos "pedintes" de votos e suas falsas promessas, cada eleição é a mesma coisa, prometem nos manter informados sobre tudo e depois se escondem atrás da dita "confidencialidade", congelam seus blogs e, enfim, somem e se escondem no Palácio Mourisco, em plena praia de Botafogo usufruindo de todas as benesses e para a torcida bananas e mais bananas - ""e até mesmo aqueles paladinos da verdade que ganharam pela CHAPA 3 PREVI LIVRE FORTE E DE TODOS, sumiram dos seus compromissos, de fazer alguma coisa de verdade por seus eleitores, sempre buscando apenas o melhor resultado na sua vida financeira"" -

Anônimo disse...

Um exemplo de "organização" foi a famosa chapa 3 .
Iludiu um monte de participantes , principalmente dois inocentes que lhes foram uteis puxando votos.

Anônimo disse...

Rosalina,
Que alegria nos deu a sua volta embora você nunca tenha se afastado totalmente.Temos que estar atentos aos "pedintes de votos" e a uma possível cópia da chapa 3 que não tinha nenhum inocente.

joao trindade disse...

O mencionado pessoal não precisará mais de nós, reles mortais.
Estão no patamar de conforto e de lá não vão sair, por questões óbvias.Mérito dele e, bem feito para nós, inocentes úteis (votantes).
Não aprendemos a lição : desde sempre as ooisas no Brasil funcionam na base da esperteza.

Anônimo disse...

Emérita Senhora ROSALINA:


Felicito-a pelo RETORNO, com TODO VIGOR, ao mundo dos que se recusam a ENTREGAR OS PONTOS!

Rosalina de Souza disse...

Dileto amigo das 11:38, e aos demais colegas que postaram:

Eu tive uma grande lição com a CHAPA 3 Previ Livre Forte e de Todos:


Na maioria das vezes, não importa quem está com a razão, O fundamental é evitar discussões desgastantes e improdutivas.

O erro da chapa 3, foi bater de frente com o coronel dos sindicatos, e naquele momento o seu poderio a favor dos que estavam no poder, que se avolumaram e inflamaram com o calor da discussão.

Com a rivalidade criada, o formulador de propostas a nosso favor, se mostrou contrário a qualquer mudança, e inviabilizou toda e qualquer proposta que nos beneficie, aliado a tudo isso entre se desgastar por uma parcela do PB-1 e viver em cima do muro, é melhor viver em cima do muro, terminar o meu mandato e sair de cena com a minha vida arrumada e sem novos planos para futuras eleições.

Eu acreditei em pessoas que para mim era capazes de fazer alguma coisa, formular propostas, pedir, pedir,pedir, até que alguma coisa fosse de fato feita em socorro aos mais endividados, era esse meu pensamento no coletivo dos que mais sofria e ainda sofre por falta de uma politica voltada a resolver de vez a questão do endividamento.

Mas hoje eu tenho a certeza que vão terminar seus mandatos e que o passado vai servir de lição para uma vida inteira, de que nem sempre as pessoas são o que aparenta ser, e que nem sempre a luta é o suficiente motivo para brigar até o fim por gente simples, honesta e que viveu toda uma vida, para ver o seu fim como um zé ninguém da vida, onde o poder sempre fala mais alto, a bajulação é para os seus iguais, não para gente séria que deseja apenas a verdade, pagar seus compromissos e morrer batendo no peito e dizendo fiz o meu MELHOR.

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega Luiz,

Vou te posicionar a respeito desta ação, mas antes vou verificar tudo sobre o assunto para te falar alguma coisa de concreto.

Mas tenha um pouco de paciência.

Anônimo disse...

Sobre o ES o que eu mais critico do comportamento da Previ é a desnecessária falta de informação como se eles não tivessem que dar satisfação a ninguém. E ainda colocam no site que somos DONOS. Dono tem o direito de saber tudo o que está sendo feito ou o que não será feito.É claro que eles sabem o que será feito este ano com o ES. No ano passado publicaram as novas regras em agosto e liberaram em setembro. Neste ano ainda não deram nenhuma posição por que? Para que o suspense? Somos DONOS do que????????

Goulart disse...

Cara colega Rosalina, ótimo em saber que voce esta de volta, uma colega da sua qualidade, batalhadora, esclarecida, é muito importante na nossa causa, no empenho de nossas necessidades, aposentados e pensionistas. ´Sabemos de suas dificuldades familiares, todos nós temos, é a vida, e espero que os revezes da vida, nos coloque a frente de nossas causas. Fique com Deus e Jesus, colega Goulart, de Cambé-PR, tudo bom.

Anônimo disse...

Cara Senhora Dna Rosalina,


Milhares de nós mortais fomos enganados pela chapa 3.
Interesses?
O poder pelo poder?
O poder pelo dinheiro o dinheiro pelo poder?
Votos inconsequentes, alinhados com o mandante?
NUNCA MAIS ME VENHAM COM PROMESSAS, QUE HOJE SE TORNARAM MENTIRAS DESLAVADAS, é o que suspeito.
E é como a Senhora diz: escreva algo de que eles não gostem e logo lhe moverão um processo, pois desfrutam de dinheiro suficiente para pagar bons advogados, ademais são sabedores de nossa condição financeira e econômica.
Chegar na idade avançada e ter que passar por provações hediondas, proporcionadas por inescrupulosos "patrões", é estarrecedor.
Estou farto de enrolações e peço que com URGÊNCIA, os MILITARES assumam este Brasil e estarei ao lado deles com muita vontade em mudar o que ai está e trancafiar os suspeitos.
Minhas atenções valorosa Senhora!

Anônimo disse...

Emérita Senhora ROSALINA:


Será que NOSSA (???) GENEROSA PREVI, está esperando que a Bolsa de Valores chegue a 100.000 PONTOS, para então aumentar o EMPRÉSTIMO SIMPLES em mais MÍSEROS 5.000 (CINCO MIL REAIS). Quanto aos OTIMISTAS e APRESSADOS DE SEMPRE do PB1, "esqueçam" o BET e a SUSPENSÃO DE CONTRIBUIÇÕES, ao menos no que nos resta de vida terrena.

Anônimo disse...

Estimada Rosalina,
Haverá aumento do limite do ES? De quanto?

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 11:05,

Ninguém sabe o valor do reajuste a ser implantado pela Previ, mas se for medido pela inflação oficial, deve arredondar para 170.000,00.