15 novembro 2017

MENSAGEM AO POLITICAMENTE CORRETO.

Como é boa a sensação,apesar de levar uma vida modesta e simples, poder andar pelas ruas dignamente, de cabeça erguida, sem ter que ficar mudando de calçada por medo de passar por algum cobrador.

Como é bom saber que não virão cortar a conta de luz, nem pedir a casa por causa de alugueis atrasados!

É realmente muito bom.

Outra sensação boa que tive, são pequenas vitórias, talvez insignificantes para muitos,mas a falta delas outrora me fez andar cabisbaixa, envergonhada, questionando interiormente onde estava meu Deus, porque meia dúzia de pessoas se acha melhor que as outras, pensa que só porque leva uma vida financeira mais confortável pode massacrar quem errou ou teve falhas graves na condução da sua vida financeira, fazendo dos Empréstimo uma ponte para sobreviver.

Este post de hoje é especialmente destinado aqueles que estão endividados, apertados financeiramente, com contas atrasadas, as dívidas nos diminuem e nos fazem viver em constante apreensão, nos colocam na condição de bandido ou de velhos inúteis, que estão a procura de lapidar o que não é seu, mas que foi com o suor de todos que se fizeram bilhões que existe hoje, foi com o sacrifício de cada um que se chegou onde o fundo de pensão chegou.


Aqueles que vivem a se esconder, os soldados que formaram um exército para Davi quando este fugia de Saul na caverna de Adulão era constituído por homens assim: Endividados e Perseguidos.

Sempre ouvi pregações que criticavam os endividados, alguns pastores chegavam a ser ofensivos, já me endividei, e por isso estas mensagens me irritavam, meu marido e eu fomos dizimistas toda a vida, antes de me casar eu já era, no entanto, até aprender a lidar com dinheiro, quanto sofrimento!


As pessoas que me atacam, estão provocando a si mesmos, eu não sou candidata a nada, até porque PENSIONISTA não pode se eleger para cargo algum, nem mesmo nas grandes associações, essa pretensão é permitida, tenho histórico de trabalho, ajudei a fundar as  MAIORES ASSOCIAÇÕES hoje existente em nosso meio, uma delas me desliguei, na outra ainda sou associada, lutei bravamente por meus direitos e por direitos de muitos colegas, mesmo quando muitos ainda só enxerga a porta dos EMPRÉSTIMOS, vive revoltado comigo, porque acredita que a farra dos empréstimos no nosso contra cheque é o melhor caminho, como tem gente HIPÓCRITA NO NOSSO MEIO, COVARDES que só sabe atacar no anonimato, na escuridão de onde você nunca vai sair.


Eu não represento ameaça para ninguém, apenas digo a VERDADE nesse humilde espaço, que é monitorado pela PRESIDÊNCIA DA PREVI, ESCANCARADAMENTE, e mais alguns a serviço do SATANÁS, que deseja que nossas conquistas caia por terra, se é que ainda existe conquistas.

Falar é fácil, fazer que é difícil, entender a situação que o seu colega aposentado, a sua colega pensionista esta atravessando, isso ninguém quer saber, deseja apenas EMPRÉSTIMOS, E EMPRÉSTIMOS E EMPRÉSTIMOS, vive amarrado, sedento, por DINHEIRO.

Se as demais classes não luta por seus direitos, se não dão palpite é problema deles, mas existe dois lados da moeda, e muitos só enxerga aquele que o contempla, só enxergar aquilo que faz bem ao seu bolso, a sua visão, sem atentar para o seu irmão ou a vida que muitos estão levando onde as contas não fecha no dia 20, e sempre estão passando por sufoco para levar ao alimento na mesa de quem bravamente lutou para ter seu complemento de salário e acreditou que tudo isso seria suficiente para um final de vida digno.

E pra finalizar vou dar um recado, minha PACIÊNCIA chegou no limite, de agora em diante eu vou identificar e vou punir esses seres humanos, pra não dizer outra coisa, você tem que se conter em sua verdade, ABRA UM BLOG, FALE O QUE VOCÊ PENSA, VOCÊ É TÃO PERFEITO QUE NÃO TEM PORQUE FREQUENTAR BLOGS COMO O MEU, FAÇA VOCÊ MESMO A SUA HISTORIA,

Peço desculpas aos demais colegas, sérios, existe sim pessoas do bem, honestas, dignas de usar o anonimato, mas não tenho mais insubordinação a quem me ataca de graça, achando que porque estou calada, tenho que suporta essa falta de compromisso com a nossa causa, se não tem nada que acrescente, se cale é melhor que plantar a discórdia e a insultar pessoas ordeiras e honestas, aqui não mais serão aceitos esses tipos de comentários que não agrega, pode chamar do que quiser, de mão unica de opinião, o que for, não vou mais permitir, qualquer tipo de ataque seja a quem for, até mesmo ao PAPA, vai ser DELETADO, EXCLUÍDO, ou se escreve coisas que presta, ou então vá planta batata, alface, cuidar de algum asilo, manicômio, mas aqui se não vai mais fazer ESBORNIA com a minha PESSOA e com esse blog.







Levante a cabeça, molhe o rosto e dê o primeiro passo! 

Boa caminhada!

142 comentários:

Goulart disse...


Cara colega e distinta batalhadora,Rosalina, e por muitos anônimos maltratada e mal interpretada, tambem me enquadro nesses individados a que a colega se refere e menciona no texto, mas hoje as portas de Deus e Jesus estão se abrindo, ajudando a amenisar a vida financeira e me segurando sempre em nossos guias espirituais, que são o Pai (Deus), o Filho (Jesus) e o Espirito Santo e com a sempre proteção tambem de Nossa Senhora, a mãe santíssima. Que voce tenha sempre a proteção neste texto mencionada, e deixemos os alienados e pretenciosos, em sua materialidade e incompreenção. Colega do Norte do Parana.

Anônimo disse...

Boa ! Vai Rosalina !
Siga em frente. Não de importância (eles não têm) a esses pau-mandados.
Se vir com papo furado, deleta.

Anônimo disse...

ROSALINA,
Bom dia!

Desta forma, também sou um endividado, as dívidas fazem-me sentir portador de uma lepra social. Observamos as exclusões sutis que as pessoas fazem conosco: nos olhares, nos comportamentos, nos cumprimentos, nas preferências, nos esquecimentos, mas temos que perdoar-lhes e muitas vezes isto é difícil, mas temos que perdoar-lhes! Realmente fico envergonhado, finjo que não conheço os credores, mas DEUS conhece meu íntimo.
Licitamente, daria tudo para quitar até o último centavo, mas minha libertação acontecerá, pois há muito peço isto ao SENHOR meu DEUS e Êle ouvir-me-á, pois nunca desisti de acreditar que isto irá acontecer, pois ÊLE mesmo disse: sem mim nada podeis fazer. E isto acontecerá hoje, pois o tempo de DEUS é tudo hoje!
Fizeram e continuamos a fazer isto com CRISTO, o lenho verde pregado na cruz, imagine-se nós pecadores o lenho seco!
Tudo passará, mas isto jamais acontecerá com a palavra do SENHOR.
Abs.

Anônimo disse...

Até que enfim!
http://www.valor.com.br/empresas/5192893/petros-funcef-e-previ-aderem-arbitragem-contra-petrobras

Anônimo disse...

Rosalina,

Você pode informar-me se existe alguma maneira de receber a folha de pagamento da PREVI sem ser através do crédito em conta-corrente? Receber por ordem de pagamento, por exemplo, ou de alguma outra forma?

Obrigada pela atenção. Um grande abraço.

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 12:00,

Não, desde que acabaram com os recebimentos via ORPAG/SCR a única forma de se receber da Previ é por Conta Salário via Banco do Brasil, e pode ser feito apenas a PORTABILIDADE desses valores para outra instituição.

Mas existe a possibilidade de se CANCELAR a AUTORIZAÇÃO para que o valor fique na sua conta Salário, e com isso você passe a receber os valores que são creditados.

Anônimo disse...

Rosalina,
Belíssimo desabafo.Me emocionei porque já passei por tudo isso.Quando criança vivíamos sendo despejados.Eu ficava só em casa com as janelas e portas fechadas com medo dos cobradores.Depois que entrei no BB melhorei MUITO mas em 2007 mergulhei em dívidas e me senti o pior ser humano do mundo. Agora não tenho cartão de crédito, CDC, cheque especial nem cheque mas estou feliz de novo e agradeço a Deus.Os colegas em boa situação não sabem o que é sofrimento. É muito bom ter uma amiga como a Rosalina lembrando que como pensionista tem os mesmos direitos de todos.

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 12:44,

Eu ainda devo, claro que sim, ninguém passa 13 anos da vida pegando empréstimos e se livra deles da noite para o dia, mas a nossa situação de janeiro de 2017 para cá melhorou muito, hoje temos como pagar as nossas contas, comprar os medicamentos, pagar as necessidades do mês, sem o sofrimento do passado, os credores estão lutando para reaver seus direitos creditórios, contrataram equipes de cobranças, escritórios especializados para essa finalidade, e que vamos a luta, que seja judicial ou amigável, aos poucos vamos por tudo em ordem, hoje não tenho mais nenhum tipo de linha de credito, empréstimo, cartão de credito, vivo do liquido do meu contra cheque e ainda posso acessar ao Empréstimo Simples, é a única da qual ainda posso renovar ou recontratar por exemplo a linha do 13 salario.

Mas vivo muito melhor hoje que no tempo da ciranda financeira, pega aqui para pagar ali e assim ia tocando a vida, e é esse entendimento que muitos colegas insiste em não admitir que a nossa situação após a limitação da folha da Previ, mudou e muito a situação de muitas pessoas, houve casos de descontentamento, claro que houve, mas no final foi muito positivo para a grande maioria dos que estavam super enforcados, como era a minha situação.

Mas paciência, aos que não entende a situação, vão continuar tendo seu ponto de vista e acreditando que fui a causadora das boas novas, que veio em grande parte pela mudança da própria lei e que a PREVI TINHA QUE SE ENQUADRAR.

Anônimo disse...

Dona Rosalina, Help!!!
O grupo 19 dos 30% da ANAPLAB não anda nem com reza braba!!!
Que justiça mais injusta!!!
Dever é o belo exemplo que temos da nossa República. Esses políticos devem até dizer chega...e se amorcegam nas tretas dos governos para não passar o que estamos passando com essa Previ. Só arrocha pobres pensionistas e aposentados enquanto uma pequena maioria recebem como Marajás.
Peço para a senhora buscar informações com os advogados da ação 30% grupo 19 pois já estamos partindo para 38 meses e nadica de nada!!!
Fique firme e delete esses energúmenos que são egocêntricos.
Viva a República dos endividados!
Paz e bem sempre!

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 3:11,

Ação Judicial, ao iniciar uma ação judicial não existe certeza de quanto tempo vamos ter definido a nossa causa, os advogados pode exercer o seu trabalho peticionado ao juiz, em casos como o grupo 19, na minha opinião cabe já um recurso ao Conselho Nacional de Justiça, pela má vontade em fazer essa ação caminhar, e creio que a ANAPLAB também, não esta cobrando como deveria esse advogado que esta acompanhando esses processos judiciais, não participo dessas ações de consignação, mas dou o exemplo da minha ação 100% pensionista que esta parada já bastante tempo, sem movimentação, com petições protocoladas e sem definição da coisa julgada, foram pagas as custas judiciais por indeferimento da gratuidade da justiça, só esse passo se arrasta por muitos e muitos meses, até que ande de fato as nossas pretensões.

Mas como sempre digo reclamar nos blogs, não adianta muita coisa, vocês tem que pedir via os e-mail e os números da associação, para saber de fato como esta o andamento processual e também na página tem todos os processos que participamos, sempre ao menos 1 vez no mês passo por la para saber como anda as 4 ações judiciais que movo pela nossa ANAPLAB.

Não falo mau jamais da minha associação, não faço parte dos quadros diretivos, mas sou sócia pontual com minhas mensalidades e procuro sempre agregar mais sócios para o fortalecimento da mesma, não é porque temos uma ação judicial que esta emperrada que vamos sacrificar o grande trabalho de todos os colegas que lá estão trabalhando de graça, pelas nossas causas, sei do compromisso que cada um tem em relação aos recursos aplicados por cada um de nós, para a nossa própria proteção.

Paulo Segundo disse...

Dona Rosalina, quando vou poder renovar o empréstimo silmples do 13º???

Rosalina de Souza disse...

Prezado Paulo Segundo,

Pode renovar seu ES13 dia 21 na próxima terca-feira, já vai estar disponível para nova contratação para pagar em Abril de 2018.

Anônimo disse...

Dona Rosalina, a Previ fez as mudanças na MC, deixou todo mundo sem poder contratar o EI, deixou as cooperativas dependuradas no pincel, mas o incrível acontece: dois meses sem poder pagar a crediscoop, até porque não queriam saber de renegociação, recebendo o salário em conta salário, não estava conseguindo pagar por problemas de saúde meu e de um familiar, eis que surge no contracheque deste mês dois meses debito da crediscoop. A minha consignação foi a quase 55% do bruto. Fica a pergunta, procuro um advogado, reclamo de quem? Pura represália do diretor de seguridade (Previ)? Sinceramente não sei o que fazer, mas garanto que não vai ficar assim de graça. Obrigado e um abração para esta guerreira que muito admiro.

Anônimo disse...

O anon 10.49 precisa verificar o que ocorreu no seu caso. A Previ retirou da folha todos os débitos que extrapolassem a margem de 30%. Conforme foi informado os terceiros poderiam enviar os débitos a Previ todos os meses até a última parcela mas cada um só seria processado se estivesse dentro dos 30%. Se os débitos não foram acolhidos até agora é porque extrapolavam a margem. Não dá para entender porque neste mes fizeram o débito de duas parcelas se não houve aumento da margem e o crédito do 13º não aumenta a margem.

Anônimo disse...

Acho que o tal politicamente correto é infiltrado da Previ ou da Cooperforte. Os cães ladram e a caravana passa. Vamos em frente e que tenhamos sempre a Rosalina.

Anônimo disse...

Ao anônimo das 10:49h
O que é EI?

Anônimo disse...

Estimada Senhora,

Ouso pedir que me oriente quando retirar ES, em que data, para não ter a cobrança no mês seguinte ao pedido.

Me refiro a valor disponível em um dos ES.

Desculpa recorrer ao seu entendimento, pois tenho medo de falar com a Previ.

Uma vez xingavam, destratavam a gente.

Rosalina de Souza disse...

Prezado Colega das 12:43,

Acredito que para ficar sem o desconto da prestação do empréstimo simples no mês de dezembro a data mais certa para a contratação do novo ES é entre o dia 01 até o dia 05 de dezembro.

Com certeza você terá esse alivio da parcela no mês de dezembro onde as despesas sempre são maiores com alimentação e lembrancinhas.

Anônimo disse...

Cara Senhora,

Obrigado pela atenção, ES.

Fernando Lamas disse...

Saudações cordiais.

Respeitável colega Rosalina, fique tranquilo o colega anterior(11:39h), porque ninguém vai contratar o Estado Islâmico(EI), mas pode contratar o Empréstimo Imobiliário, pela Previ, SE houver margem consignável, claro.
No mais, apoiadíssima, corajosa colega.
PAZ E BEM!

"Deus ama tão-somente aquele que vive com a Sabedoria."
Sabedoria 7,28

WILSON LUIZ disse...


EU SÓ QUERIA ENTENDER...

Dias atrás, li postagem de colega que indagava se alguém teria idéia do valor pelo qual a PREVI contabilizaria, no balanço de 2017, a sua participação na Vale, já que é um bloco de ações que não acompanha, necessariamente, a variação das ações da empresa na BOVESPA, pois envolve o controle da companhia.

Confesso que fiquei curioso. Inicialmente, olhei minha bola de cristal, e nada, em seguida joguei as cartas do tarô, li as linhas da mão com a cigana, lancei os búzios, olhei as vísceras do bode preto, nada deu certo.

Decidi, então, pesquisar os três últimos balanços da PREVI, 2014, 15 e 16, para ver se havia alguma lógica na avaliação do valor daquele lote de ações, contabilizado em 31.12.2016 por R$ 24.2 bilhões; é importante ressaltar que este valor está “congelado” nos balancetes mensais, pelos quais a diretoria se auto-elogia pelos bons resultados alcançados, e até agora não rendeu um mísero centavo do superávit anunciado.

Pediria que alguém mais esclarecido que eu, se entendesse, nos comunicasse. Eis os dados que apurei:

Em 31.12.2014, a participação da PREVI estava contabilizada por R$ 35.8 bilhões e ação da Vale estava cotada na Bolsa de Valores de São Paulo por R$ 21,88;

Em 31.12.2015, PREVI R$ 23.8 bilhões, ação Vale BOVESPA R$ 13,14;

Em 31.12.2016, PREVI R$ 24.2 bilhões, ação Vale BOVESPA R$ 26,85.

Resumo da confusão: de 31.12.2014 a 31.12.2016 a participação da PREVI DESVALORIZOU -32.41 %, e a ação da Vale na BOVESPA VALORIZOU 22,77%!!!!!. No balanço de 31.12.2016, a participação de nosso fundo de pensão foi valorizado em 1,55%, e a ação na BOVESPA subiu 104,34%!?!?!?. Tivesse a participação da PREVI valorizado apenas acompanhando a BOVESPA, seu montante seria R$ 43.9 bilhões em 2016, diferença de R$ 19.7 bilhões, poderíamos ter, então, superávit e não déficit.

Moral da história: cheguei à conclusão que, em se tratando do mercado de ações, tanto faz, em termos de previsão, olhar a bola de cristal ou a buchada do bode preto ou analisar balanços, o resultado é o mesmo, continuamos totalmente no escuro.

PS: em 2017, até hoje, a ação da Vale subiu, na BOVESPA. 21.42%; vamos ver o que acontece no balanço anual, levando em consideração que, neste ano, foi firmado novo acordo de acionistas, que aumentou a liquidez das ações de posse da PREVI.

WILSON LUIZ disse...


Cara Rosalina,

Era uma vez, alguns anos atrás, um blog que era o maior e mais concorrido, até que suprimiu os comentários de anônimos. A partir dali, seu futuro foi negro, hoje apenas 3 ou 4 gatos pingados ali fazem postagens.

Apenas acho que vocês, dos blogs, se estressam demais com alguns comentários mal-intencionados ou provocadores, que querem apenas nossa desunião. Sugiro que deletem tais escritos, sem dó nem piedade e sem dar satisfações. O pior castigo, para tais pessoas é isto, eles vão ficar coléricos, apopléticos, desvairados, abichornados, pois adoram ler as sandices que escrevem.

Adaí Rosembak disse...

Rosalina de Souza,

Você é uma mulher fantástica.
Com esse artigo você se superou.
Vá em frente.
Parabéns.
Seu amigão

Adaí Rosembak

Paulo Segundo disse...

Será que o BB deposita na nossa conta salário hoje o salário e o décimo terceiro, já que dia 20 cai na segunda-feira?

Ester Blamire disse...

Boa tarde Dona Rosalina eu tenho a ação dos 30% e a PREVI vem descontando o valor do débito para satélite e este mês c o 13 salário tb veio o desconto da Poupex com quem devo reclamar grande abraço

Rosalina de Souza disse...

Prezado Colega Paulo Segundo,

Não a Previ não vai depositar hoje o valor do seu crédito, mas ele vai estar disponível sábado, porque os finais de semana os lançamentos são realizados no próximo dia útil, que vai cair bem no dia 20.

Rosalina de Souza disse...

Cara Colega Ester Blamire,

Mesmo para quem tem a ação 30% consignado, e ainda não teve decisão favorável,as empresas que ainda tem convenio com a previ, detêm essa autorização para os descontos,e como a folha veio com o 13 salário, eles devem ter conseguido efetivar os descontos.

A guardiã da nossa folha é a Diretoria de Seguridade, e eu não acredito que reclamação feita para a Previ estorne esse valor descontado, de modo que se já tiver decisão favorável sobre a LIMITAÇÃO, o melhor é peticionar ao Juiz, para as notificação do fato ocorrido, bem como para pedir o estorno no valor descontado com juros e correção.

Anônimo disse...

Humildemente endosso suas palavras, são os chamados trolls... Se divertem apenas subvertendo uma discussão...!!!

Anônimo disse...

Ilustríssima Senhora Dona Rosalina,

Primeiro quero expressar minha admiração pelo trabalho desenvolvido pela Senhora. Faz o que os críticos covardes não tem a coragem de fazer. E não me refiro aos anônimos. A pessoa pode se "identificar" com uma alcunha de qualquer imbecil. Não vejo ninguém colocando RG, CPF, endereço, renda mensal, etc. Por isso, criticar anônimos é totalmente contraproducente. Impossível saber se o nome que aparece corresponde verdadeiramente à pessoa, salvo por decisão judicial. E olhe lá ... Também, não faço críticas a quem se identifica. Cada um é livre para agir conforme o dono do blog permite. Como bem disse o colega Wilson, os que acabaram com os anônimos acabaram conjuntamente com os blogs.
Covardes para mim são aqueles que se julgam mais capazes e detentores da verdade não terem um blog próprio. Passarem aqui para ofender a Senhora que desenvolve tão bem em favor dos necessitados. Isso é inadmissível. A Senhora tem nome e tem história. A viúva que incomodou o gigante perverso. Não dê espaço para as formiguinhas que lhe vem machucar seus pés.

Ass. anônimos da silva

Anônimo disse...

Muito bom o comentário das 6.58

Medeiros disse...

Grande Guerreira Rosalina,

Parabéns pelas suas vitórias. Não são pequenas, são grandes vitórias. Tenha certeza. Não é fácil superar dificuldades financeiras. Você é admirada e invejada, por isso tem a atenção de anônimos maldosos. Va em frente. Merece.

Medeiros

ANÔNIMO EX-ENDIVIDADO disse...

ECONOMIZAR É PRECISO...

Plano 1 com déficit, aumento de 3% em janeiro, empréstimo simples sem margem consignável, os “assistidos” não têm qualquer perspectiva de um alívio em sua situação financeira.
Como quem não tem cão caça com gato, é importante tentarmos diminuir nossas despesas fixas.

Consegui uma redução de 43%, medido em kwa, em minha conta de energia elétrica com medidas simples e pouco investimento.
-troquei por LED todas as lâmpadas incandescentes

-troquei os chuveiros antigos por modelos de última geração, muito mais eficientes, comprei dois muito práticos, com uma haste na base, que permite o controle da temperatura da água mesmo tomando banho, sem precisar desligá-lo

-tiro da tomada, quando não estou usando, os aparelhos eletrônicos que têm aquela luzinha de “stand by”, consumindo energia 24 horas por dia; no fogão, tem um relógio digital, que ninguém olha, aí abri o bicho e retirei a lâmpada, para não desativar o acendedor elétrico

-para economizar água, que é um bem finito,nas torneiras instalei temporizador com desligamento automático.

O investimento total foi de, mais ou menos, R$ 1.000, que será recuperado em pouquíssimos meses.

Anônimo disse...

Saiu na PREVI o décimo terceiro salário. O único problema é contratar o empréstimo e a Cooperforte abocanhar. Acho que não vou contratar.
Carlos

Anônimo disse...

Rosalina,
Você conseguiu renovar o ES 13º?

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 11:11,

Ao menos no sistema eu consegui fazer o agendamento da liberação do ES-13, mas as operações da Previ, são confirmadas apenas com a grana a nossa disposição na conta corrente.

Anônimo disse...

D.Rosalina, a Cooperforte não pode pegar o crédito na conta corrente do l3 qie a PREVI vai creditar?
Carlos

Anônimo disse...

Não consigo entender com é possível resolver os problemas financeiros ampliando de forma ilimitada os empréstimos.Estão querendo jogar os débitos para conta corrente e assim aumentar a MC para o ES. Estão esquecendo de calcular como ficará a renda líquida mensal.

Rosalina de Souza disse...

Prezado Colega Carlos,

A Cooperforte não pode mais fazer nenhum desconto na minha conta corrente, eu fiz o cancelamento de todas as autorizações referentes a descontos na minha conta.

Hoje a Cooperforte já fez a entrega do restante da minha dívida a empresa terceirizada de cobrança que vem sistematicamente fazendo as praxes protocolares até que finde em processo judicial de cobrança.

Todos tem esse direito de CANCELAR ESSAS AUTORIZAÇÕES, vista que hoje não tem mais conversa com nenhum desses credores, ou é justiça ou cobranças especializadas, até que se firme acordo para o pagamento.

Carlos - Rio Pardo(RS) disse...

Da. Rosalina e anônimo das 12.43 de 16.11 - Quanto a primeira prestação após o crédito do ES, informo que ao simular já saberemos quando iremos pagar a primeira prestação.
Exemplificando, se for solicitado hoje dia 22.11.17 o ES, com data de crédito até o fim desse mes, a prestação será cobrada já em 20.12.17. No entanto, se pedirmos o ES hoje e colocarmos data do crédito 01.12.17 em diante, a primeira prestação será cobrada na folha de 20.01.17.
Espero ter ajudado.
Abr,carlos - Rio Pardo(RS)

Anônimo disse...

Como sempre a Rosalina tem sempre as informações que precisamos e ainda a criticam.Outros colegas como o Carlos também ajudam muito.

Anônimo disse...

No caso da Cooperforte eu até prefiro (e estou torcendo) para que em vez de ficarem atormentando com as cobranças que entrem logo com a ação judicial para que seja cumprida a lei dos consignados e se limitem os débitos a 30% da renda

Anônimo disse...

DECISÃO: Tribunal nega desconto compulsório de 30% em folha de pagamento de servidor inadimplente
22/11/17 11:05
A 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) rejeitou, por unanimidade, pedido da Caixa Econômica Federal (CEF) de desconto compulsório de 30% na folha de pagamento de um servidor que não conseguiu pagar o empréstimo consignado. A decisão foi tomada em sede de agravo de instrumento interposto pelo banco público junto ao TRF e manteve a decisão do juízo de primeiro grau em ação de execução.

No recurso, a Caixa afirmou que a jurisprudência e a legislação aplicáveis permitem o desconto nos vencimentos em virtude de contrato regularmente firmado entre as partes. A instituição financeira alegou ainda que, se a medida não fosse autorizada, haveria violação ao princípio da boa-fé objetiva.

O Colegiado, entretanto, seguiu o voto do relator, desembargador federal Kassio Nunes Marques, contrário à pretensão do banco. Apesar de reconhecer os princípios que regem a relação contratual e que obrigam a obediência ao que foi pactuado em contrato, o relator apontou que o pedido da Caixa iria de encontro à posição consolidada do Superior Tribunal de Justiça.

De acordo com o voto, os ministros do STJ têm decidido que é inviável o desconto em folha sem a anuência do devedor em sede de execução, em razão do disposto no Código de Processo Civil e de ausência de previsão legal para embasar esse tipo de medida.

Anônimo disse...

Me deixa muito triste, como funcionario aposentado do BB, e sabendo da cultura de integridade que sempre tivemos, ver ensinamentos acima de como "se livrar" de credores.....

Anônimo disse...

Emérita Senhora ROSALINA:


O VAMPIRO do JABURÚ, cujo ÍNDICE DE POPULARIDADE não pode mais SER MEDIDO pelos Institutos de Pesquisa, mas sim pelo RÉS-DO-CHÃO, atingiu o PONTO MÁXIMO EM INIDONEIDADE ao nomear o ESBIRRO CARLOS MARUN, Ministro da Articulação Política.

Anônimo disse...

Os ensinamentos deste blog para se livrar dos credores estão amparados pela lei. Se a lei está errada cabe aos legisladores mudarem.Causa espanto o entendimento de que numa situação em que a parte que quer o cumprimento da lei é que está errada.

Anônimo disse...

Parabéns anônimo das 7:22 foi assim que aprendemos...

Rosalina de Souza disse...

Caros Colegas das 3:00 e 10:42 ambos de 22/11/2017,

Eu não estou incentivando ninguém a ser caloteiro contumaz, mas é do conhecimento de todos, inclusive dito pela própria Previ, que dentro do PB-1 da Previ, temos hoje 12 mil colegas sobre endividados, que estão sem condições de viver com o líquido do contra cheque.

Ademais vou dar meu exemplo particular, sou sócia da Cooperforte, desde 2003, sempre paguei todos os empréstimos contraídos, mas quando a pessoa esta enforcada a primeira iniciativa dos bancos e agentes financeiros é diminuir ou cancelas suas linhas de crédito, ademais hoje no mercado a própria caixa esta oferendo desconto de até 90% para os inadimplentes.

Qualquer banco particular que a pessoa deva é de imediato oferecido parcelamentos maiores que caiba no bolso do cidadão, porque então como donos que somos das cooperativas não temos direito a nada, apenas deveres, e em relação as ensinamentos que o senhor menciona não é ensinamento não se trata de um DIREITO DE QUEM NÃO CONCORDA E SE ESGOTOU TODAS AS TRATATIVAS SOBRE O ASSUNTO.

A Cooperforte fez a sua parte, negativou o meu nome, contratou empresa especializada para receber o que é seu, estou apenas no meu direito a ampla defesa e ao contraditório, quanto ao passado vivido no banco do brasil, o senhor mesmo sabe que o mesmo ficou no passado, nem o banco o qual o colega trabalhou é o mesmo de hoje, nem seu corpo de funcionários, portanto esta é sua visão, mas a nossa realidade é bem diferente do pensamento do colega, ou dos colegas.

Anônimo disse...

Ao anônimo de 22/11 - 7:22 h

Penso que o que "causa espanto" é a parte que quer o cumprimento da lei ignorar a lei dos consignados ao solicitar tais empréstimos e, após contratá-los, requerer o cumprimento da citada lei, a qual ela mesma não cumpriu por ocasião da contratação. Você acha que há lisura neste tipo de procedimento?

Anônimo disse...

Prezada Rosalina,
Todos que acompanham este blog sabem perfeitamente que o que você sempre buscou foi o cumprimento da lei dos consignados a qual nem a Previ nem os terceiros como a Cooperforte estavam cumprindo.Você nunca incentivou o calote a ninguém. Estamos com você para exigir a legalidade dos empréstimos

Anônimo disse...

colega 3:00,

A integridade tem que valer para os dois lados.

Anônimo disse...

Ao colega de 23/11 - 11:02 h

Você registrou: "............o que você sempre buscou foi o cumprimento da lei dos consignados a qual nem a Previ nem os terceiros como a Cooperforte estavam cumprindo......", entretanto, esqueceu (ou não se interessou) de registrar que nem aqueles que solicitavam os empréstimos consignados cumpriam a citada lei. Não acho correto uma pessoa solicitar empréstimo consignado descumprindo a lei dos 30% e, após sentir no bolso a consequência desta atitude inadequada, cancelar o débito das prestações e/ou acionar a entidade credora judicialmente. Penso que não há lisura em procedimentos deste tipo. A pessoa deve analisar DETALHADAMENTE toda a situação antes de contrair empréstimo (mesmo que não seja consignado), senão...........

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 6:09,

Esse assunto endividamento é um assunto que nunca vamos chegar numa conclusão lógica.

Todos nós ENDIVIDADOS, aí eu me incluo nesse pacote, estamos errados, primeiro por ter comprometido mais que 30%, dos nossos benefícios, com pagamento de empréstimos.

A Previ sempre fez APOLOGIA ao endividamento, quem sempre recebeu seus contra cheques, sempre teve estampado propagandas da Cooperforte, do Banco do Brasil incentivando as pessoas a se endividar.

A Previ nunca fez observação a gastança no contra cheque, tando que existia duas margens consignáveis de 30% e de 70% para aqueles colegas que queriam adquirir sua casa própria através da Carim.

Chegaram a descontar todo o valor do contra cheque para pagamento de empréstimos e ainda se emitia uma boleta para que o Aposentado ou a Pensionista complementasse a diferença, como se o mesmo tivesse outras rendas, além da fonte principal pagamento e as linhas de crédito a sua disposição.

O histórico de débitos é de DÉCADAS, o meu começou em 2003, e nunca mais parou, estamos em 2017, e desde então sempre fui fiel com meus compromissos, sempre liquidei todas as operações, mas chega-se um ponto que a pessoa não tem mais condições de rolar as suas dívidas, é como o nosso País esta fazendo hoje, rolando a sua dívidas com agiotas internacionais, e era assim que nós estamos vivendo, e muitos continua vivendo até os dias de hoje.

Então se formos falar de ética, de compromisso, de responsabilidade, todos falharam a começar pelas instituições, que sabia que nós não tínhamos condição de continuar vivendo da forma que a farra estava instalada.

O que a Lei dos consignados fez foi por freio na AGIOTAGEM que virou a folha de pagamentos da Previ.

Não vejo ninguém questionando a Previ porque ela não vende a sua folha de pagamentos, com leilão arrecadaria muitos milhões e faria com que muitas instituições tivesse interesse em comprar as dívidas, em fazer a portabilidade do crédito, porque a mamata era boa de mais e muitos que goza de boa situação financeira, estão por trás desta mamata.

Abre essa caixa Preta e veras muitos rabos de 3 rabos nesta fonte inesgotável de renda para muitos agiotas disfarçados de cooperativas, de instituições dentro de clubes para dar legalidade a sua farra de juros extorsivos.

Rosalina de Souza disse...

Continuando colega das 6:09,

Eu hoje tenho ética comigo mesma, cansei de passar necessidades, em função de pagar apenas juros, depois que tomei todos os procedimentos para voltar a ter meu benefício de volta, já liquidei integralmente a dívida com a Crediscoop, não devo um centavo mais a eles, paguei mais de 30 mil a cooperforte, reduzindo a minha dívida em menos da metade, liquidei outros empréstimos como da Agiplan, que consumia muito do meu benefício e aos poucos estão liquidando as dívidas, demora, claro que demora, foram anos fazendo empréstimos, ninguém sai deles da noite para o dia, como ninguém entra neles da noite para o dia, cada colega tem a sua própria historia, seus motivos para ter chegado onde chegou e da forma que chegou, então criticar, quem pegou empréstimo, se é ético ou não, é foro intimo de cada um, como você também tem sua visão que quem faz isso esta errado, mas não vejo aqui ninguém dizer que as instituições não tem a sua culpa, eles tem técnicos altamente capacitados, no caso das cooperativas tem lucros todos os anos, destina parte dos recursos para capital próprio, e além do mais eu como muitos SOMOS SÓCIOS, por anos participei dos lucros, e não é justo quando se entra em dificuldade todos fechar as portas, como aconteceu com todas as instituições, primeiro restringe-se o credito, e deu no que deu, uma hora a bomba relógio teria que explodir.

Eu tomei como principio viver, ter de volta o que é meu, meu benefício, se para isso tive que ser chamada de CALOTEIRA CONTUMAZ, então eu sou isso, mas voltei a ter uma coisa chamada DIGNIDADE.

E com a dignidade vou ter mais uns anos de vida, até quando Deus o nosso Criador me permitir.

Anônimo disse...

Impressionante, dá para fazer uma manual de como fazer....

Anônimo disse...

Rosalina - comentário de 23/11, 7:03 h

Em meu comentário de 23/11 - 6:09 h quis dizer, em outras palavras, exatamente o que você disse no final de seu comentário em referência, ou seja, cada pessoa deve ter como princípio ter sempre o que é seu e viver com dignidade, entretanto, para isto é necessário sempre agir com prudência, principalmente, com relação à situação financeira, pois, como você deve saber, o controle da situação financeira é igual dirigir carro numa estrada de barro: se sair do trilho não pode pisar no freio, senão a situação complica mais ainda.
Eu entendo que a Previ e outras entidades de crédito fazem propaganda para vender seus produtos, porém, compra quem quiser, né?

Anônimo disse...

Para definir essa eterna polêmica sobre quem é culpado pela tomada de empréstimos é preciso ler a lei antes de emitir parecer. Do ponto de vista ético a culpa é dos dois lados porque o tomador deveria verificar a sua capacidade de pagamento e os credores deveriam ser mais cautelosos e não liberar crédito sem limites por conta dos altos lucros.Portanto, não se pode culpar somente os devedores nem os credores. Porém a lei (vejam, por favor!) determina que o controle da margem consignável é de responsabilidade de quem controla a folha de pagamento não permitindo a extrapolação dos 30%.É isso o que a Previ está fazendo agora assim como o INSS faz rigorosamente.

Anônimo disse...

Será que o que tem acontecido com o Banco ultimamente, aviltando a cultura de integridade, não é para deixar ex-funcionários tristes ?
A mim, não . Porque após a aposentadoria deixei o Banco no passado.

Anônimo disse...

Dona Rosalina, tinha um abaixo assinado sobre ES, a Sra sabe como ficou ?

Anônimo disse...

A RESPOSTA

O registro feito demonstra uma incompetência faraônica ou a pretensão de ser mais realista que o rei.
Senão vejamos: Quando corpo técnico de alto gabarito percebeu que estava emprestando sem a cobertura devida? Ontem? 2015?
Essa medida é corretiva? De quanto foi o prejuízo experimentado? Desde quando?
Em tese, "diante de um cenário desafiador" não seria de bom alvitre diminuir as despesas administrativas?
CONCLUSÃO: O gigante tentou disfarçar, mas acusou o golpe. HEI PSIU !!!! PRESTEM BEM ATENÇÃO - além disso nos mostrou seu calcanhar de Aquiles. O caminho são os abaixo assinados reunindo o maior número de pessoas. Alguém lembra de uma resposta com tantas laudas?
A nossa falta de condições financeiras para uma mobilização na porta do palácio, pode ser substituída pela mobilização virtual via blog do primeiro conselheiro a renunciar, como nunca antes visto na história desse país.
Valorizaram demais. Sinal que ...

Anônimo disse...

Emérita Senhora ROSALINA:


Sou adepto da teoria de que "FAZ-SE AQUI, AQUI SE PAGA" Essas enfermidades que estão acometendo MICHEL "NOSFERATU" TEMER, nada mais é do que o INÍCIO DO PAGAMENTO, que só cessará com SEU FINAL nesse mundo.

anonimo disse...

Rosalina te entendo bem , em um Brasil cheio de corrupção e que pagamos valores altíssimos de impostos e juros absurdos faz me rir o colega ter mencionado lisura , lisura deveria ter o Banco e pagando nossos 40 por cento A cooperforte, os Bancos dentre outros já receberam muito bem seus empréstimos pois os mesmos cobram juros astronômicos. Fique com Deus e não de importância a quem não tem.

Anônimo disse...

Ao colega de 27/11 - 11:17

Você sabe, realmente, o que é lisura?

Anônimo disse...

Doutos!







lisura
[De liso + -ura.]
Substantivo feminino.
1.Qualidade de liso; liso.
2.Suavidade no tato; macieza.
3.Fig. Boa-fé; franqueza, sinceridade; honradez. [Antôn. (nesta acepç.): deslisura.]

Anônimo disse...

Lisura seria a esperteza de como escapar dos credores?

Anônimo disse...

Prezada Rosalina,
A sua conduta de publicar todos os comentários está dando espaço para engraçadinho que não tem o que fazer. É um direito seu não publicar como todos os blogs fazem.

Anônimo disse...

Na prática lisura significa procedimentos de boa-fé, procedimentos com correção........

Anônimo disse...

Rosalina,

De acordo com minha interpretação, o procedimento de cada um de nós não dependente do fato do Brasil estar cheio de corrupção, de pagarmos valores altíssimos de imposto e juros absurdos como registrou o anônimo de 27/11 - 11:17 h o qual criticou outro anônimo pelo fato de ter mencionado a palavra lisura, inclusive, sugerindo que você

"não de importância a quem não tem."

Entendo que devemos agir SEMPRE com lisura, mas, infelizmente, tem gente que, além de insinuar que não sabe o que é lisura, acha que existe alguém no mundo das criaturas que não tem importância alguma, entretanto,uma pessoa de boa índole como você sabe muito bem que toda pessoa, por mais simples que seja, tem importância sim, quiçá, enorme para alguém, então, continue sim considerando/dando importância a todos aqueles que utilizam seu blog.
Obrigado por sempre respeitar os comentários que aqui registro. Um fraterno abraço

Anônimo disse...

Estimada Senhora,

Continue com a honradez que lhe é peculiar e deixe os invejosos correrem atrás dos prejuízos éticos que lhes rondam.
Se eles tivessem o seu caráter não estariam gastando o seu tempo em baboseiras semânticas.

Anônimo disse...

Ao anônimo de 28/11 as 7,16 horas

"Parabéns" pela sugestão/crítica generalizada.

Anônimo disse...

Senhora Rosalina,

Ontem (28/11), fiz o seguinte comentário em seu blog: "faz me rir". Este comentário foi consequência minhas risadas ao ler o comentário de 27/11 as 11,17 h e a reação de outro anônimo no comentário de 28/11 as 06,38h, entretanto, ele não foi publicado no blog nem houve explicações para tal atitude. Por que? E este de agora será publicado ou eu não posso registrar comentários em seu blog como anônimo?

Anônimo disse...

Dona Rosalina me ajude a entender essa matéria que saiu no site da Previ: a força do mutuo

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 8:35,

A Previ só esquece de uma coisa muito simples, eu contratei meu primeiro ES em 2003, eu tinha 57 anos, hoje estou com 71 anos, eu tambem fui jovem e desde esta época sempre paguei FQM para outros que já faleceram,igual a mim são todos os que hoje são velhos, pagamos FQM em todos os contratos inclusive em todas as renovações nunca foi devolvido um centavo, então essas planilhas, essas explicações pra mim e na minha opinião é pra explicar a verdade apenas na opinião dos técnicos e do atual diretor de seguridade, mas não adianta rebater a palavra da Previ é sempre a certa e a única que tem valor.

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 6:20,

Esta ai o seu comentário.

Anônimo disse...

Rosalina,

Vi hoje no site da Cooperforte a seguinte manchete:
EM DEZEMBRO A COOPERFORTE TERÁ BOAS NOTÍCIAS PARA VOCÊ.
No final da redação está registrado: ....a Cooperforte está preparando algumas surpresas que vão facilitar ainda mais a sua vida.
A notícia é direcionada aos associados dela, embora use colocações no singular. Veja: ...boas notícias PARA VOCÊ.
...facilitar ainda mais a SUA vida.

Considerando que você é uma pessoa muito esclarecida e sempre sabe das coisas com extrema rapidez, pergunto: você sabe quais são estas boas notícias da Cooperforte para dezembro?
...

Rosalina de Souza disse...

Caro colega das 9:01,

Eu não sei nada a respeito da Cooperforte, da minha parte se esgotou negociação com a mesma, mas acredito que eles devem promover mudanças na forma de trabalho, as regras dos empréstimos deve mudar, ou terão que fechar a cooperativa,pois o modelo de agiotagem se esgotou com a farra que era a folha da Previ, acredito até mesmo na união de muitas cooperativas visando o seu fortalecimento.

Anônimo disse...

Emérita Senhora ROSALINA:


O Dr. JOÃO ROSSI NETO, com sua INCOMPARÁVEL VERVE, postou no blog do Professor ZANELLA (acho que irá, por isso, receber uma NE), um IMPLACÁVEL, DEMOLIDOR e DEFINITIVO artigo sobre o nosso DIRETOR DE SEGURIDADE. BEM FEITO! QUEM MANDA SER MAU!

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 11:19,

Sim nosso querido Colega João Rossi Neto, em parceria com o Colega Ari Zanella, que sempre reproduz em seu blog, artigos de primeira linha, acertou mais uma vez no seu escrito, mas a Banca de Advogados da Previ já deve estar elaborando manifesto para rebater as notas do texto.

Mas é critica a nossa situação, pois muitos colegas do PB-1 joga a favor da situação, com provocações, com manifestos que só faz dar munição ao corpo contrário as mudanças, e mudanças que afetaram diretamente a MC da nossa folha de pagamentos.

Mas infelizmente teremos que ter esse diretor até 2020 no cargo, e até essa mudança acontecer, não podemos contar com milagres ou mudanças bruscas, ele é do perfil que não muda de ideia e segue firme na sua posição atual de acabar com essa linha de crédito, ou ao menos suavizar, brecar na sua gestão o avanço de novos empréstimos, e gradualmente ir desinvestindo os recursos aplicados na rubrica com participantes.

Parabéns Ari, Parabéns Rossi é esse mesmo o caminho, mostrar a verdade, que sempre é aplicada na versão PREVI, ou nos moldes que agrada a sua ATUAL GESTÃO.

Anônimo disse...

Prezada Rosalina,

Você disse que esgotou as negociações com a Cooperforte simplesmente porque eles não querem negociar.Num outro blog estão chamando de instituição séria.Para mim qualquer pessoa física ou jurídica que seja séria cumpre a lei.

Rosalina de Souza disse...

Prezado Colega das 3:31,

Veja bem, a Cooperforte, como cooperativa, é sim uma instituição seríssima, ela e outras foram obrigadas a se enquadrar perante a Lei dos Consignados, respeitando até mesmo decisão soberana da Previ.

Quanto a sua seriedade não se discute, o fato é que na minha opinião o erro esta em não negociar de forma a dar condições de o mutuário liquidar a sua dívida, porque eles sabem que sempre fomos bons pagadores, e a segunda colocação é que daqui para frente ou se muda a forma de tratar os seus cooperados, ou esta fadada ao fechamento da mesma, pois estas instituições estaca acostumada a ganhar sem riscos, sem ter muito trabalho, capitalizava 20%, ganhava das aplicações dos afortunados do PB-1 e dos demais participantes e sempre havia sobras a distribuir, tudo na verdadeira satisfação dos eternos dirigentes, que estão a DÉCADAS na dança das Cadeiras, agora vão ter que trabalhar um pouco mais, demostrar a sua verdadeira capacidade de administrar.

Mesmo assim a inadimplência ainda é muito pequena, se comparada a outras instituições, e nunca jamais podem esquecer que também somos donos, e tem que nos tratar como donos que somos, não como apenas adquirentes de empréstimos, se for somar o histórico de empréstimos, por décadas, que contratamos o nosso saldo ainda assim é positivo para a instituição.

Anônimo disse...

Pelo que sei eles continuam querendo receber de todos os mesmos valores que extrapolavam o limite de 30% que a lei determina. Eles não respeitaram a Previ.Foram tirados da folha pela Previ sem direito a questionar porque a Previ alegou estar cumprindo a lei e decidiram cobrar por ouros meios.A lei determina que a soma dos débitos consignados não pode ultrapassar 30% e eles não fizeram nada para cumprir esse limite.Logo, eles não se enquadraram na lei.

Anônimo disse...

Meu Deus, morro e não vejo tudo, a culpa agora é dos credores. Gente , não foram esses valores que nossos pais nos ensinaram. Aqui ou em qualquer lugar do mundo , cumprir as leis é pagar as contas. Como podemos exigir que autoridades políticas sejam éticas se entre nós estimulamos a não cumprir os compromissos

Anônimo disse...

Emérita Senhora ROSALINA:


Enfim é DEZEMBRO! FELIZ NATAL! FELIZ 2018 PARA TODOS! Cara Senhora ROSALINA, caso a Senhora aceite partilhar nossa CEIA DE NATAL, que será: peru, bobó de camarão, torta de bacalhau, a indefectível farofa, arroz branco e macarrão ao suco; sorvete de chocolate combinado com creme de passas, torta romeu e julieta, suco de uva, laranja e refrigerantes, está DESDE JÁ CONVIDADA. Tudo com pouco açúcar, sal e temperos fortes, pois na minha idade, QUALQUER DESCUIDO É FATAL. Os "importados", mesmo que em diminuta quantidade, estão banidos pois o ES não saiu, mas o ESPÍRITO DE NATAL não faltará entre nós. Aguardamos a Vossa ILUSTRE presença, na nossa modesta reunião. Atenciosamente.

Anônimo disse...

Eleições em 2018 Previ.
Campanhas antecipadas.
Mortadela, movel de quarto, pão de igreja, cantora Usa, nozes e valdez.

Anônimo disse...

Dona Rosalina, fiquei sabendo lá nos comentários do Blog do Zanella que um suplente ganha 4 mil reais , será que é só isso mesmo ?

Rosalina de Souza disse...

Meu caro colega das 3:10,

É verdade sim meu caro colega, primeiro que o nosso colega Dr Medeiros, não precisa de viver de mentiras, segundo que ele tem uma vida financeira bastante ativa, e ao longo da sua jornada de trabalho fez patrimônio, além de um grande advogado ativo e sabe das coisas profundamente.

Ele apenas errou ao entrar como suplente na extinta chapa 3, mas tem todo o meu respeito e admiração, quando ele fala em ajudar ao próximo é sim uma verdade, tempos atrás em um encontro das associações, me fez o convite para pagar todas as despesas para eu estar no evento, prova do tamanho da sua generosidade, claro que não aceitei, porque esses encontros com os gestores da Previ, você é apenas um espectador, não tem nem voz e nem vez, e ainda é obrigado a escutar todas as abobrinhas do povo presente no encontro.

Mas em resumo é isso, existe colegas no nosso meio, que mesmo sobre uma condição financeira boa, estende as mãos para ajudar ao seu próximo, essa é a verdadeira demostração de amor e carinho e solidariedade para com nosso irmãos, nossos colegas aposentados e pensionistas que passa por extrema dificuldades de saldar os compromisso no dia 20.

Rosalina de Souza disse...

E tem mais colega das 3:10, foi ele o DR MEDEIROS, quem lutou bravamente para que a previ tivesse obrigação de continuar pagando via ORPAG/SCR, foi até mesmo em Brasilia junto a direção geral do Banco do Brasil, mas infelizmente como tudo aqui no Brasil, manda quem tem dinheiro, e o poderio econômico/financeiro da Previ, junto com os carrapatos do BB, sempre acaba por fazer o que é melhor para eles, nunca para quem cumpre tabela aqui em baixo, o baixo clero nunca tem vez e nem voz.

Anônimo disse...

Concordo plenamente com a Sra, mas está nos comentários que não é somente 4 mil , é muito mais , será que é mais mesmo? A sra concorda que suplente receba?

Anônimo disse...

Dona Rosalina, não foi o escritório do Dr Medeiros que conduziu as ações de cesta alimentação?

Anônimo disse...

Estou chocado em saber que um conselheiro suplente receba uma fortuna mensal de remuneração, agora começo entender porque brigam tanto por cargo de suplente nas chapas da Previ

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 3:59,

Vou me ater ao Caso da Previ, do conselho Deliberativo:

Eu concordo sim que o SUPLENTE RECEBA SIM, e te digo mais, deveria receber o mesmo valor do titular da Pasta, senão vejamos:

Ele o Suplente tem que participar de todas as reuniões junto com o titular,elabora as temáticas das reuniões juntos,tem acesso ao conteúdo total das confidencialidades, dos projetos que a Previ esta tocando, dos investimentos, é qualificado para a qualquer momento votar, a única diferença entre o Titular e o Suplente é a bagatela do vencimento, que é muito superior chegando na casa dos 42 mil mês.

Fora que muitos destes titulares ainda tem acento em outros conselhos recebendo muito mais pelos serviços prestados, que não é o Caso do Dr Medeiros, então por favor RESPEITE A HISTÓRIA DESTE HOMEM, ele como disse e repito não tem porque mentir em relação aos seus vencimentos.

Vamos se ater aos fatos, ele participa de todas as reuniões, tem números estratégicos, sabe de negócios a luz do horizonte que nós e mesmo assim ele ainda mantem seu blog ativo, mesmo com a MORDAÇA IMPOSTA que vocês mesmo sabem que todos nós sofremos, eu mesmo sou testemunha desta falta de LIBERDADE DE EXPRESSÃO, então pare de atacar pessoas do bem, pessoas que mesmo não podendo fazer muito por nós, tem um passado de bons serviços prestados.

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 4:29,

A Questão do CESTA ALIMENTAÇÃO:

Foi uma reviravolta de uma justiça que a balança só funciona de um lado, veja bem, depois de 15 anos de jurisdição pacificada, vir se mudar o entendimento, foi uma afronta a própria justiça, além do mais, sempre se usa por parte da previ o desiquilíbrio, das reservas para não pagar o que é devido ao seus participantes, já fomos chamados da industria de ações contra a Previ, que são montadas associações para sangrar a Previ, mas aqui é mais fácil apenas atacar o ser humano, sem olhar a história e verificar os bons serviços prestados de cada elemento, ouve erros pela extinta chapa 3, previ livre forte e de todos, claro que houve, até mesmo por parte do senhor e doutor Medeiros de ter se candidatado como suplente, mas naquele momento era a escolha a se fazer, para montar as malditas chapas, que sempre exige a união de todo tipo de gente, para poder participar das disputas, mas uma coisa nada tem a ver com a outra, as ações foram um sucesso, tanto que por 15 anos se pagou o cesta alimentação, ai a corte superior muda seu entendimento, porque não estava garantido no estatuto verbas para tal, demorou 15 anos para mudar um entendimento, é porque a nossa justiça nunca foi séria neste Pais das Bananas.

Anônimo disse...

Dona Rosalina brilhante explicação. Os escritores que ganharam os honorários quando da vitória em 1a instância , agora, após a perda em última instância, também não deveriam ajudar os colegas a devolver o dinheiro ?

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 7:17,

Não penso que o Advogado tenha que devolver o dinheiro:

Primeiro:

Não houve erro grave, ou falha na condução dos processos, o que houve foi a mudança do entendimento depois de 15 anos de aplicação pela concessão do benefício.

Segundo:

Pelo que sei, e fui uma das pessoas a entrar com esta ação e logo depois veio o novo entendimento era matéria pacificada, liquida e certa, não temos que jogar essa culpa nos nossos brilhantes advogados, repito foi uma mudança que teve dedo de alguém, foi O ENTENDIMENTO QUE MUDOU, não tem porque os ADVOGADOS devolver os recursos que recebeu, salvo melhor juízo, essa é a minha opinião.

Todos que desfrutaram dos recursos por longos 15 anos, tiveram que fazer a devolução depois de transitado e julgado, se quer caberia novos recursos.

O que mudou foi o entendimento e com isso muitos colegas tiveram que fazer a reposição dos valores a Previ, MEU PROCESSO FOI EXTINTO SEM SE QUER SER JULGADO, mas seu eu tivesse descobrido antes, e tivesse recebido, jamais iria pedir ao advogado que fosso solidária comigo, seria até mesmo antiético da minha parte, pois ele trabalhou e ganhou a ação, e todos tinha o contrato, e fora aqueles que entraram pelas associações onde seu custo foi muito baixo.

Anônimo disse...

Já entendi , é amiga dos advogados

Anônimo disse...

Anônimo disse...
E JÁ FOI CHAMADA DE "ASSOCIAÇÃO DE FUNDO DE QUINTAL"

Quem diria Professor,
Que as associações com dezenas de milhares de sócio$, que só aparecem nas manchetes dos vários veículos de comunicação sendo elogiadas, mais parecendo uma divisão do guloso; seriam surpreendidas pela pequenina Anaplab que aglutina pessoas do quilate do Seu Ed, do Diretor Aristóphanes, Ari, Gilvan, Rosalina, Sr. Rossi. Quem diria? Que o blog criado sem a pretensão de ser "o blog" seria mencionado em correspondência oriunda do olimpo?
Quem diria que um juiz desconhecido de primeira instância colocaria na parede todo um sistema carcomido pela corrupção?
Existe esperança meus colegas trabalhadores apelidados maldosamente de pós labrais . Se alguém dissesse que tudo isso ocorreria há 10 anos atrás seria internado num manicômio. Portanto não desistamos de nossa luta. Por mais que a soberba reine nos corações dos poderosos, a última palavra a eles não pertence. De uma hora para outra todos os projetos humanos podem ser desfeitos. Tudo é força, mas só Deus é PODER.

03/12/2017 00:04

Anônimo disse...


Dona Rosalina,

Vi essa publicação ontem no blog do Zanella, será que procede ?



Ari Zanela 02/12/2017 as 19:28:

Meu caro (não publiquei)

Eu não tinha remuneração. Meu conselho era o CONSULTIVO. Mas confesso que tenho saudades das mordomias: Othon Hotel, comida supimpa (camraão, bacalhau de um restaurante português no Shopping Botafogo), viagens trimestrais ao Rio, etc..

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 12:23,

Sim, o conselho consultivo do PB1, não tem remuneração, se reúne a cada 03 meses, são 4 reuniões por ano.

Claro que a Previ paga o translado,hotel,restaurante,e como dos demais diretores e conselheiros, uma realidade longe das nossas vidas, mas remuneração eles não recebem.

Anônimo disse...

Dona Rosalina, e os suplentes de outros conselhos tem remuneração?

Anônimo disse...

Dona Rosalina , o anônimo das 11:49 tem razão a Anaplab não é mais uma pequena associação, não está na hora de propor que os Dirigentes sejam recompensados com pagamento de pelos menos suas despesas pessoais? Afinal eles lutam por todos nos

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 1:05,

Na Previ apenas o conselho consultivo não tem remuneração. Nos demais conselhos todos recebem titulares e suplentes.

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 2:51,

Hoje eu sou sócia da Anaplab, tenho 04 ações patrocinadas pela mesma, participei da primeira administração como conselheira fiscal, quando entreguei meu cargo a Anaplab tinha uma reserva de mais de 200 mil reais, muito bem administrada pela diretoria executiva. Presidente Ari e tesoureiro Gilvan, trabalham com ordem e decência os recursos de cada aposentado e pensionista,eles mereciam ser sim remunerados, mas uma das normas quando se criou a Anaplab era que todos trabalharia como Voluntário, para fazer crescer e atender as necessidades de quem realmente necessita de atenção, e ainda foi criado o premio pontualidade. Que destina mil reais, para o número que mais se aproxima na loteria federal no ultimo sorteio do mês.

Justiça seja feita a esses colegas, maravilhosos colegas, sai da associação porque eu acho que deve se ter uma renovação nos quadros, sempre atacamos isso nas demais associações então não é justo se eternizar no cargo que se ocupa.

Anônimo disse...

Dona Rosalina, como eu posso me candidatar para receber doações da remuneração de conselheiro que o Dr Medeiros recebe. Ele disse que do tudo aos endividados, tem algum lugar que pode se cadastrar para receber?

Anônimo disse...

Dona Rosalina, se não podemos pagar honorários por questão de estatuto , não poderia pelo menos pagar algumas despesas deles ?

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 3:27,

Eu acredito sim, que o Dr Medeiros ajude colegas que estão próximos, frequentadores da associação que ele fez muitos amigos, sei de um caso de um colega de portaria que trabalhou no banco que ele ajuda a muitas décadas, você pode até não acreditar, achar que ele esta de brincadeira,mas tudo que a gente planta a gente colhe, deus multiplica para aquele que não é avarento, que só pensa no seu umbigo, igual são Tomé, tem que ver para crer, o próprio dr Medeiros já me ofereceu ajuda para uma viagem. Eu que recusei, então caro colega para de machismo. De será, existe sim pessoas boas, que tem no seu semelhante boas intenções. Onde o colega acha essa lista de inscrição não sei, mas envie um comentário identificado com a sua matricula e dados que vai ver que não apenas o dr Medeiros mas muitos irmãos vão te ajudar a sair deste lamaçal que o colega se encontra, mas é perigoso viver do sarcasmo, do deboche, de achar que todo mundo é igual, temos em nosso meios irmãos aposentados, irmãs pensionistas da melhor qualidade, são como diamantes do mais puro valor, e já aviso que esta resposta é a última em relação a esse tema.

Anônimo disse...

Segundo um conselheiro titular na Previ, suplente não vota. Pode até falar, mas , fica na fala.
Quando se lançou a famosa chapa 3, muitos comentários alertaram que era a turma de um dos mesmos na Previ e na Cassi.
Os dois colegas blogueiros que participaram dessa chapa não sabiam disso ?
Inclusive a chapa montada para a eleição na Cassi, ainda bem que não foi eleita tambem era do grupo conhecido.
Um dos colegas descobriu a tempo e caiu fora. O outro continuou. O que saiu só lamenta as mordomias perdidas. A esse os parabéns.
Reuniões da Previ. Tem razão a Sra. Rosalina. Participar para que ? Validar jogo de cena ? Só tem diretor e sua entourage, acompanhada pelo coro dos admiradores "topo da piramide".

Anônimo disse...

Excelentíssima Senhora Rosalina,


Vou lhe fazer um pedido:

Por favor não desative o seu blog!

A vida não é feita somente de elogios, loas e outros afins.

Saber receber críticas, muitas vezes das mais severas e outras vezes de cunho estúpido e desaforado é ter altivez discernimento.

Aqueles que usam do anonimato do lado obscuro da vida, para atingir quem quer que seja, ao meu ver podem ter problemas de espirito e devem ser tratados como portadores de patologia moral e tudo o mais.

As respostas a esses escreventes deve ser de auxílio para que enxerguem o lado respeitoso do ser humano.

Sempre postei no anonimato sem desrespeitar ao dono do blog ou aos comentaristas que assinam e aos que anonimamente se manifestam.

Em toda a nossa vida receberemos críticas e nem por isto devemos nos retirar da azáfama, a não ser que estejamos "de saco cheio "-desculpa a expressão- e então...

Mais uma vez, por favor, não feche o blog.








Anônimo disse...

Os credores não são inocentes e sabem muito bem o que fazem.Quando os créditos não têm garantias eles são rigorosos porque não querem ter prejuízo. A farra das liberações ocorreu com os consignados porque tinham garantia de pagamento. Por isso a lei e o Judiciário atribuem a eles a culpa pela extrapolação da margem Para se ter direitos é preciso agir com boa fé e isso eles não tiveram liberando crédito sem nenhum limite.

Anônimo disse...

Temos que reconhecer que perdemos a batalha e a guerra também, os nossos principais Blogs agonizam. Infelizmente

Anônimo disse...

Tribunal Superior do Trabalho
Publicado em 17 de nov de 2017

Um ex-empregado da Petrobras recorreu à Justiça do Trabalho para questionar o valor recebido como complementação da aposentadoria. O trabalhador aderiu ao programa básico da Fundação Petrobras de Seguridade Social, a Petros, em 1970, quando estava em vigor o regulamento de 1969. Mas a aposentadoria dele foi calculada de acordo com o regulamento de 1991, ano em que ele se aposentou, o que foi menos vantajoso para o trabalhador. Por maioria, os ministros da Seção Um de Dissídios Individuais do TST aceitaram o recurso do empregado e restabeleceram a condenação da Petrobras e da Petros a pagar as diferenças. Essas e outras notícias do Tribunal Superior do Trabalho, você acompanha no programa Revista TST, exibido pela TV Justiça às sextas-feiras, às 19h30, com reprises aos sábados, às 7h, domingo às 4h30, segunda às 7h, terça às 6h e quarta às 7h.

Fonte:http://juridico.discrepantes.com.br/acompanhamentos/

Anônimo disse...

Tribunal Superior do Trabalho
Publicado em 17 de nov de 2017

Um ex-empregado da Petrobras recorreu à Justiça do Trabalho para questionar o valor recebido como complementação da aposentadoria. O trabalhador aderiu ao programa básico da Fundação Petrobras de Seguridade Social, a Petros, em 1970, quando estava em vigor o regulamento de 1969. Mas a aposentadoria dele foi calculada de acordo com o regulamento de 1991, ano em que ele se aposentou, o que foi menos vantajoso para o trabalhador. Por maioria, os ministros da Seção Um de Dissídios Individuais do TST aceitaram o recurso do empregado e restabeleceram a condenação da Petrobras e da Petros a pagar as diferenças. Essas e outras notícias do Tribunal Superior do Trabalho, você acompanha no programa Revista TST, exibido pela TV Justiça às sextas-feiras, às 19h30, com reprises aos sábados, às 7h, domingo às 4h30, segunda às 7h, terça às 6h e quarta às 7h.

Fonte:http://juridico.discrepantes.com.br/acompanhamentos/

Anônimo disse...

E as nossas ações RMI ? Em que fase estão ?

Anônimo disse...

Anônimo das 12:43 nao adianta perguntar outras coisas , esse blog só sabe responder ES

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 6:22,

Eu não participo da ação RMI,quem deve responder sobre andamento de ação judicial é associação pela qual o colega entrou, e mesmo porque não tenho o numero do processo para falar qualquer coisa a respeito, e em relação ao ES desde muito tempo que descobri ser uma furada, e desde então não falo sobre ES, mas os participantes do blog que tem como tema principal, agora se o colega sabe algo a respeito da dita ação,faca uso dos seus conhecimentos. Ou melhor abra um blog. Nele você pode opinar e responder da forma que melhor lhe desejar, é por essa e outras que cada vez mas estão se tornando inútil manter blog ativo. As vezes falta a paciência, porque sempre os donos da verdade só ataca sobre a sombra do anonimato.

Anônimo disse...

Ao anônimo de 09/12 - 06:22 h

Por que e para que a crítica, cara? Qual seu objetivo ao efetuar esta crítica? Cuide de sua vida, cara! Procure solução para seus problemas familiares (ou você não os tem?) ao invés de efetuar crítica a uma pessoa que, ao que penso, VOLUNTARIAMENTE, utiliza parte de seu tempo disponível para tentar ajudar alguém.
Agora, se você tem conhecimento e competência sobre o assunto e se você acha que "esse blog só sabe responder ES", tome a iniciativa de prestar o devido esclarecimento ao anônimo de 07/12 - 12:43 h.
Ou então, se você acha que "esse blog só sabe responder ES" por que perde seu tempo lendo/fazendo comentários aqui?

Anônimo disse...

Eu acompanho e participo mais deste blog do que dos outros justamente porque trata mais do ES e dos outros empréstimos e não reclamo nos outros blogs porque não tratam desse assunto.

Anônimo disse...

Dona Rosalina,

Eu acho que incumbiram alguns funcionários de espalhar a discórdia nos blogues para fecha-los.
Depois que os abaixo assinados começaram o nível dos ataques aumentou muito. Deve ser encomenda.

Aproveitando, a Senhora tem alguma informação sobre cesta alimentação de aposentados por invalidez?

Grata

Rosalina de Souza disse...

Caro Colega das 9:52,

Sobre esse processo cesta alimentação por invalidez, eu não tenho nenhuma informação.

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo das 9:52, tem até blog que parou para não contar o quanto recebe

Anônimo disse...

Dona Rosalina, o CNPC / Previc criou resolução que dispõe sobre a fiscalização nos fundos de pensão. Criou-se o "conselho fiscal independente" para acompanhar os fundos de pensão.Foram contrários a ANAPAR, a ABRAPP, reporesentantes das patrocinadoras. Será um COMITE DE AUDITORIA independente .
Num futuro próximo teremos a implantação do PLP 268.
E quiçá a volta do poder ao corpo social.

Anônimo disse...

Senhora,

Estão, segundo a revista época, cortando privilégios no funcho de aposentadoria do BB.
Aí cabe uma pergunta, estão cortando os Bônus, os Estatutários, ou só para jogar fumaça na esquina?
Se não quiser não publique, mas leia lá na revista época.

Anônimo disse...

Cara Dona Rosalina,

Em números o quanto estão reduzindo em despesas, no Previ, segundo o que tata a revista Época?

Anônimo disse...

Pura retórica do tipo "cortar na própria carne". Cortes tão superficiais que atingiram apenas algumas gordurinhas. Vejamos o pagamento da Remuneração variável que é garantido, inobstante os resultados deficitários acumulados, eis que os beneficiários são gestores cedidos pelo patrocinador, sem prejuízo dos penduricalhos remuneratórios, que, ainda, "por isonomia", foram extensivos aos demais. Isso que é acenar com o chapéu alheio. Entretanto, lá, para fazer jus a tal remuneração, tinham que bater as metas que se traduziam em lucros para a instituição, obviamente. No Fundo, o pagamento está condicionado ao cumprimento de certos indicadores "pró- forma", visto que não condicionam ao atingimento das principais metas de um Fundo de Pensão: SUPERÁVIT ou, pelo menos, manutenção de Reserva Matemática atuarialmente equilibrada

Anônimo disse...

Com salários de 60 mil e muitos benefícios e mordomias os cortes foram muito pequenos para tanto barulho.

Anônimo disse...

O corte será porque foi criado o COMITÊ DE AUDITORIA pelo CNPC ?
É um comite independente externo para analisar as contas dos fundos.
Seria desgastante se esse comitê apontasse essas mordomias.

Anônimo disse...

Colegas,

Existe uma denúncia via WathsApp contra um conselheiro da BrasilPrev, que apoia e integra os estudos sobre a votação do projeto da nova previdência, que o governo insiste em votar.
A denuncia é grave!
Procurem se informar, pois não sei como se passa do WhatsApp para a internet.
Parece que a corrupção continua desenfreada e a qualquer custo, mesmo que seja a cadeia da lava-jato.
Não estou acusando, mas retransmitindo o que está nos milhões de mensagens do aplicativo.


Anônimo disse...

ao anônimo 13.2017 1:04pm
https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/281828/Exterminador-da-Previd%C3%AAncia-%C3%A9-conselheiro-da-Brasilprev.htm

ou
Busque no Google por: WHATSAPP CONSELHEIRO BRASILPREV

Anônimo disse...

contracheque Previ está disponível

Anônimo disse...

Art. 2º - A Associação, que abrange todo o território nacional, tem por objetivo:

i) Defender o Banco do Brasil S.A. e instituições vinculadas (Previ e Cassi, etc..) perante a opinião publica, quando necessário se fizer


Olhem que loucura o estatuto de uma associação

Anônimo disse...

Dona Rosalina, seria da Anabb esse estatuto ?

Anônimo disse...

Associação cujo estatuto é defender o Banco do Brasil e a Previ , eu não acredito , é isso mesmo ?

Rosalina de Souza disse...

Caros Colegas,

A Anabb, foi criada sim para defender o banco do Brasil contra a sua privatização.

Se existe outras associações com esse mesmo propósito, é bem possível que sim, mas todos nos sabemos que associação ou sindicato hoje é símbolo de comércio próprio, jetons, e regalias para poucos. Fora jantares e badalação para alguns que cujo o rótulo ainda é se vangloriar de um.banco que não existe mais, hoje funcionário do banco do Brasil ganha pouco como qualquer outras profissões, sem contar que a figura do bancário esta como os dinossauros em extinção, pior cego é aquele que finge não ver a nossa dura realidade e fica procurando pelo em ovo.

Anônimo disse...

Art. 2º - A Associação, que abrange todo o território nacional, tem por objetivo:

i) Defender o Banco do Brasil S.A. e instituições vinculadas (Previ e Cassi, etc..) perante a opinião publica, quando necessário se fizer


Para espanto de todos, esse estatuto é da Anaplab, impressionante né? objetivo dela é defender a Previ e o BB.

Veja o estatuto no site da Anaplab

Anônimo disse...

Impressionante como alguns colegas não avaliam os candidatos nas eleições da Previ e depois reclamam. Precisamos de gente que seja ativo, que trabalhe e vista a camisa sem desculpas de mordaça. Estou dizendo isso porque já estão fazendo campanha para quem foi eleito e entrou mudo e sairá calado. Estão achando que se eleito novamente fará diferente??

Anônimo disse...

Pois anônimo das 4;12 tem gente que já se lançou , o Zanella já se lançou a candidato ao Conselho

Rosalina de Souza disse...

Meu Caro 6:37,

Seja quem for os integrantes das chapas concorrentes, ficou provado por A+B que não importa quem leve a vitória, nada se pode fazer para mudar os rumos da Previ, SOMOS TODOS ACOVARDADOS, porque bem sabemos que nada muda, que diga a CHAPA 3 PREVI LIVRE, NUNCA FOI LIVRE, FORTE, JAMAIS FOI FORTE, E PARA TODOS, FOI APENAS QUE QUEM teve suas finanças equilibradas, por cargos e outros cargos em empresas participadas.

A Semente da União desta vez, já anunciou que não tem candidato, as demais correntes já são conhecidas a velha turma no SASSERON E CIA, A ISA MUSA DE NONRONHA em cima do muro, o ARI ZANELLA PODE SER SIM UMA NOVA CORRENTE A SER FORMADA, mas as eleições de 2018, são para mudar os integrantes da extinta chapa 3, e não acredito que o ARI ZANELLA, vá participar de qualquer chapa nesta ELEIÇÃO, mas já para a DIRETORIA DE SEGURIDADE, quem sabe possa ser um nome a altura para tal pretensão.

E te digo mais a ANAPLAB hoje não tem votos para o mister, e já sabemos que INTERNET não tem votos para ganhar eleições, de modo que fique tranquilo, não gaste suas baterias neste momento, onde nosso inimigo é o mesmo, o poder que vem de cima, das bases fortes e que tem recursos para gastar, o ARI ZANELLA COMO NÓS SOFRE PARA FECHAR AS SUAS CONTAS NO FINAL DO MÊS.

Anônimo disse...

Estimada Senhora,

NÃO ACREDITO EM MAIS NINGUEM!
VOTEI NA CHAPA 3, FUI ENGANADO.
Procurei colegas para me acompanharem na eleição da chapa 3, que hoje gozam com a minha cara, me constrangem dizendo que fiz eles votarem nuns babacas aproveitadores da minha boa fé.
Ao tempo em que dizem para eu não mentir mais para eles outra vez.
O banco manda e desmanda no fundo.
Me desculpe o Sr. Ari, mas vai lá para ser "demitido" novamente.
Considero que todos os da chapa 3 me enganaram, sem exceção.
SOMENTE UMA INTERVENÇÃO DO MINISTÉRIO PUBLICO, UM INQUERITO DA POLICIA FEDERAL PODE MUDAR O "STATUS QUO ANTE".

Desculpa autentica Senhora, mas não votarei em quem me traiu.

Boa noite!


Anônimo disse...

Concordo plenamente com o anônimo das 10:21 fomos enganados com as promessas falsas da chapa 3, não cumpriram as promessas e outros fugiram da raia renunciando

Anônimo disse...

Os que estão "sendo lançados" como candidatos e que já foram eleitos na infiel chapa 3 não tem condições de dirigir a Previ e, muito menos nossa defesa.
Quando se formou a chapa 3 , varios alertas foram dados nos blogs quanto aquele grupo antigo que sempre esteve em todas as eleições e na Anabb.
Os dois novatos dela integrantes, hoje lançados candidatos, ou foram muito ingênuos e inocentes , ou o interesse próprio falou mais alto. Para exercer o cargo de diretor ou conselheiro numa empresa de porte da Previ, é preciso ter muita bagagem. Não basta ser "um dos donos" ou funcionário do grande BB. Basta ver os resultados ultimos e o amém sempre cordato à patrocinadora.
É preciso , sim, mudança no modelo de administração e escolha dos administradores nos fundos de pensão, não só na Previ.Estão condenando o PLP 268 que pretende introduzir essas mudanças, os sempre candidatos , sindicatos e associações (seus dirigentes) que sempre orbitam o poder.
Só mostram um lado, uma "verdade" sobre o projeto. Não vi nenhuma discussão mais aprofundada sobre o assunto. Lembrando que esse projeto é fruto da CPI dos fundos e do interesse de correção nas interferencias políticas .

Anônimo disse...

Bravo! Anon 10.21 e os anteriores 6.37 e 4.12. Quem achar que não tem força para mudar nada não se candidate apenas para receber remuneração. Podemos errar elegendo quem ainda não foi visto atuando mas insistir com quem já provou não servir para nada é absurdo. Criticaram o Sr.Ari que nem ficou até o fim o quer voltar e ele está indicando o outro eleito Medeiros

Anônimo disse...

Esse é o único espaço livre e democrático que restou , todos os demais , ou fecharam, ou saíram de férias , ou restringem comentários

Anônimo disse...

Concordo plenamente com o anônimo das 1:33, quem esteva lá e renunciou , quem esteve lá e não fez nada , não mais

Anônimo disse...

Opiniões unanimes. Os ultimos comentarios até parecem escritos pela mesma pessoa, tal a concordancia e pontos de vista.
Perguntaria aos que aqui visitam se conhecem o teor do PLP 268.
Pois , ate agora só vi /li opiniões contrarias vindas de nomes conhecidos dos fundos e das associações.
Vamos precisar fazer uma seleção bastante apurada nas próximas eleições, embora uma chapa completa não é o adequado para independencia pois o conselheiro fiscal nela eleita vai fiscalizar o diretor e o colega do deliberativo ?